O Açaí vem da Floresta Amazónica do Brasil.

Colhido de uma forma sustentável, é um verdadeiro dom da Natureza. É considerado um dos mais poderosos e nutritivos superalimentos do planeta.

Na região amazónica, aproveita-se praticamente tudo da palmeira do açaí:

.O fruto é destinado para a alimentação.

.O suco feito com a polpa deste fruto é conhecido como “vinho de açaí”, e é consumido geralmente com farinha de tapioca, fazendo parte da alimentação local.

.O seu caroço é utilizado para o artesanato, e para adubo orgânico.

.As folhas servem para cobrir casas e fazer trançados, a estipe da palmeira ( caule principal ) é usada para fazer ripas de telhado.

.O seu cacho é aproveitado para fazer vassouras. Quando queimado, o fumo funciona como repelente de insetos.

.As raízes servem como remédio caseiro e o palmito como alimento, ração e cura anti-hemorrágica.

Particularidade interessante deste fruto:

.O Açaí é uma planta de clima muito específico, pelo que só o encontramos em regiões tropicais próximas do equador.

.E porque os trópicos equatoriais são uma das zonas mais severas e de intensa radiação UV do planeta, o açaí, de forma a ” proteger-se “do sol, produz altas quantidades do seu próprio ” protector solar de UV ” – um pigmento chamado antocianina ( substâncias que conhecemos como antioxidantes).

.Este intenso pigmento de cor roxa (o mesmo das uvas vermelhas, por exemplo, mas com uma quantidade 40 vezes superior) tem evoluído para protegê-lo contra os poderosos raios UV, e tem um papel similar no corpo humano como protector contra os danos das toxinas e radicais livres.

.A palmeira do açaí produz grandes cachos de frutas comestíveis.

.Quando estão maduras são de um azul – arroxeado escuro e de tamanho aproximado de uma uva. Uma fina camada de polpa circunda uma semente grande, e o seu sabor é descrito como uma mistura de vinho tinto e chocolate.

Para consumo, o açaí é processado em diferentes formas:

.Fruta fresca – neste caso deves ingeri-la com a casca, pois é nesta que se encontra o maior teor nutricional da fruta, embora o seu sabor seja bastante ácido!

.Em pó – quando as frutas estão maduras e são colhidas, a polpa fina da fruta é processada para ficar mais concentrada (como pó) através de variados métodos, consoante o fornecedor.

.Congelada

.Em gelados.

.Sumos

.Em doces e geleias, licores.

.Em cápsulas, comprimidos, e outros.

.Também já é utilizado na cosmética

Opta sempre que possível, por comprar açaí biológico.

Benefícios:

Os benefícios do açaí são inúmeros, iremos destacar os mais importantes.

No corpo humano, auxilia a:

.Combater os radicais livres que causam danos celulares, doenças degenerativas e o    envelhecimento prematuro – isto porque tem um teor de antioxidantes notável, dos mais elevados do mundo ( estudos recentes demonstram que o extrato de açaí ajuda a prevenir certos tipos de cancro ).

.Ajuda a nutrir e a reabastecer o corpo após o exercício –  é muito popular entre os  desportistas e quem faz actividade física, pois tem a capacidade de ajudar a expelir as toxinas metabólicas do exercício e outros resíduos, repondo as importantes reservas de minerais, aminoácidos e óleos essenciais ómega, após a actividade.

.Limpa o corpo internamente, auxiliando na absorção de nutrientes, e permitindo que os resíduos sejam eliminados de forma eficiente, pois é uma excelente fonte de fibras ( auxilia na digestão);

.Tem um baixo índice glicémico ( um baixo teor de açúcar ). No entanto, se é adquirido numa versão em que já vem misturado com xaropes ou açúcar, não é adequado a diabéticos.

.Protege contra toxinas prejudiciais

.Reforçar o sistema cardiovascular

.A pele fica mais macia, brilhante e saudável.

O Açaí também contém:

.Abundância de ácidos gordos essenciais (Ómegas 3, 6 e 9, e ácido oleico monoinsaturado);

.Amino ácidos essenciais;

.Vitaminas e minerais, incluindo as Vitaminas E, A e B6; rico particularmente em cálcio e ferro;

.Fitoesteróis que melhoram o sistema imunológico e ajudam a reduzir o chamado mau colesterol ( LDL), aumentando o colesterol bom (HDL).

Efeitos secundários:

Apesar de todos os benefícios que a utilização do açaí nos pode trazer, há que ter no entanto cautela com alguns efeitos adversos que podem ocorrer em duas situações concretas ( deverás consultar o médico primeiro, se tens propensão para /ou alguma condição, das que se referem a seguir ):

.Reações alérgicas ao consumo desta fruta ou frutas tropicais. Os efeitos alérgicos podem ser ainda mais intensos se a pessoa já é alérgica a outras frutas similares ao açaí. Os sintomas podem ser por exemplo: sensação de comichão nalgumas partes do corpo, olhos lacrimejantes, e outros mais severos como dificuldade em respirar, tonturas, vómitos.

.Síndroma do cólon irritável – nesta condição, e uma vez que a ingestão do açaí pode aumentar a actividade dos intestinos, não se aconselha a sua utilização.

Como utilizar:

Em Portugal encontramo-lo principalmente sob a forma de:

.Embalado, em pó – Fica óptimo em batidos!  Aconselha-se usar porções de 10g juntamente com água, sumo ou leite (de cereais, de amêndoa, etc). Como adoçante (a gosto), podes usar xarope de Agave ou stevia ( adoçantes com baixo índice glicémico).

.Consulta a nossa receita do batido neste blogue.

.Congelado – é ideal para fazer cremes e gelados.

.Experimenta, cria as tuas receitas e partilha connosco através do blogue ou facebook!



Facebook Comments Master

Share This

Share this post with your friends!